Carregando
Processando pagamento, pode demorar alguns segundos
Rafael
Isabelle
18.08.2018
Casados
Edite o conteúdo da página abaixo.

Nossa História

A história que eu vou contar agora poderia ter começado de um jeito diferente. Poderia ter começado com os avós de ambos trabalhando juntos há décadas atrás. Poderia também ter começado com as duas famílias sendo muito amigas. Afinal, as duas reuniam na mesma pequena igreja. Os filhos cresceriam amigos e na idade adulta descobririam o amor em meio a amizade. Mas não! A história de Rafael e Isabelle começou de outra forma. Deus decidiu que se a história era deles, teria de começar por eles. E se tivesse outro começo? Será que daria tão certo? Daria! Histórias escritas pelo dedo de Deus sempre são lindas. Você vai ver.

Rafael e Isabelle nasceram em 1994, na mesma pequena cidade de Timóteo em Minas Gerais. Ele em agosto, ela em novembro. Mas a história deles, como eu já disse, não começa aí. Ainda criança a família de Rafael foi morar em Belo Horizonte. Nossa história se inicia em 2007, quando começaram a entrar um na vida do outro. Parafraseando, Rafael uma vez disse: “a vida, tão generosa comigo, veio de amigo a amigo me apresentar a ela.” Estavam em um sitio junto com outros amigos. Cada um lembra de um acontecimento especial. Ela lembra de vê-lo jogando totó e uma amiga o apresentar. Já ele, lembra de ver Isabelle se embolar no meio das folhas ao tentar cortar caminho por debaixo de uma palmeira. Digamos que são lembranças especiais porque, além de serem as primeiras, elas os fazem enxergar detalhes que somente hoje eles são capazes de entender. Em janeiro de 2008, época do saudoso MSN, Rafael buscou saber mais dela, e um amigo de Rafael mostrou a ele a foto de perfil da Isabelle. A foto mostrava apenas o olho dela, e mesmo sem lembrar o nome da garota, ele teve convicção de quem era. Desenvolveram uma amizade dos 12 aos 15 anos aparentemente sem nenhum interesse. Bom, dela temos certeza que não havia interesse. Mas se, um dia, Rafael sentar com você pra falar sobre a festa de 15 anos da Isabelle, ele com certeza vai relatar sobre como ela estava incrivelmente linda e sobre como ela fez questão de cortar qualquer expectativa que pudesse existir no coração dele. Ela fez isso novamente quando eles fizeram 18 anos. Acontece que Isabelle tinha muito medo de se entregar emocionalmente e não queria despertar o amor antes do tempo.

Passaram-se então sete anos de amizade. Quando estavam pra completar 20 anos de idade, Isabelle resolveu dar uma chance ao coração dele. E dela também, claro. Ele começou a organizar um réveillon em Belo Horizonte e insistiu muito que ela viesse. Ela mesma me contou isso. Então, pra retribuir a insistência dele, ela convidou mais amigos e juntos organizaram uma van, o que o surpreendeu muito. Mostrou que Isabelle se importava com ele. A partir desse momento, ele decidiu que seria diferente. Sentiu que, como os dois estavam mais velhos, poderiam começar a realmente ter algo a mais do que amizade. Rafael fez questão de comprar um presente único, algo que ele sabia que ela nunca tinha ganhado. Comprou e se apaixonou pela reação dela. Se a atitude de Isabelle surpreendeu o Rafael, quanto mais a de Rafael surpreendeu a Isabelle. Ela nunca poderia imaginar que Rafael a conhecesse tão bem e ficou encantada com o quanto ele estava atento a todos os detalhes dela. Isabelle resolveu emendar e passar a semana em Belo Horizonte na casa de uma amiga. O réveillon já tinha sido incrível, então a semana pros dois foi fantástica.

Alguns meses depois, Rafael viajou pra São Tomé e Príncipe, na África. Eles tiveram de enfrentar a diferença de fuso horário e a dificuldade do acesso a internet. Mesmo assim, conversaram bastante. Ele fez questão de dar atenção a ela, contando sobre seus dias e tentando matar a saudade. Ela, daqui, conseguiu por meio disso vivenciar toda essa experiência junto com ele. O que a fez se apaixonar ainda mais. Rafael voltou de viagem com a mala cheia de histórias, experiências com Deus, expectativas e esperanças. Ele mesmo relatou aos amigos, à época da volta da viagem, achar que noivariam em quatro meses e se casariam em um ano. Mas tudo foi muito diferente do esperado. Acontece que o pai de Isabelle não liberaria a filha assim tão facilmente. Rafael juntou suas expectativas e decidiu ir conversar com o pai dela pra tornar tudo oficial. E o pai, pra dificultar, "deu uma fugida" e levou a Isabelle pra casa da avó em Ipatinga, cidade vizinha. Tentou fugir, mas não deu certo. A mãe de Isabelle ajudou e levou o Rafael pra onde a Isabelle estava. Sendo assim, o pai e o Rafael tiveram a tão temida conversa no dia seguinte. A sós. (Até hoje a nossa amiga Isabelle não faz a menor ideia do que ambos conversaram). Dentre as várias provas de que Rafael realmente a amava, o pai de Isabelle fez Rafael acordar de madrugada pra ir a uma feira, apenas porque ele disse que queria ter um tempo pra que futuros genro e sogro pudessem conversar. A essa altura, Rafael já tinha certeza que a amava. Isabelle certa vez me contou que Rafael pagou todos os preços por ela e que ela se sente extremamente honrada por isso.

Um ano passou. Um ano de idas e vindas. De conhecimento e reconhecimento. Depois de certa insistência Rafael pode pedir a mão da mulher amada. Com a ajuda de amigos arrumou todos os detalhes e preparou tudo do modo mais perfeito possível. Isabelle foi surpreendida com um convite para jantar. E em meio à música e velas, foi conduzida por um caminho de pétalas de rosas até uma mesa pra dois. Após o jantar, ouviu as tão sonhadas palavras: “Você é minha melhor amiga. A pessoa com quem mais gosto de conversar e com quem quero passar o resto da minha vida. Quer casar comigo?” É claro que ela disse sim!

Quase dois anos se passaram. Dois anos de muito aprendizado, conflitos e orações. Acima de tudo, foram dois anos de confiança em Deus. Dois anos em que ambos se conheceram melhor, cresceram juntos através das situações que muitas vezes a vida trás. Juntos aprenderam que nem sempre Deus faz exatamente do jeito que queremos e que paz e amizade em meio às dificuldades também é uma resposta Dele. A paixão foi dando lugar a um amor sólido, baseado na transparência e no padrão que o Senhor Jesus estabeleceu.

Faltam apenas alguns dias para o casamento. Os corações estão transbordando de felicidade! Rafael se encanta pela personalidade forte que se contrasta com o coração quebrantado da Isabelle. E ela se enche de alegria por estar casando com um homem paciente, amoroso e misericordioso. Juntos se alegram por estarem estrelando uma história cujo Autor é perfeito e nunca falha! Mas não falo somente do coração do casal, meu querido leitor. Me refiro também ao coração de todos que tem a alegria de compartilhar esse momento com eles. Ao coração das famílias, dos amigos e companheiros. Falo também por mim. Tenho certeza que nosso querido Jesus está por trás dessa historia tão linda. Certeza que eu sei que você também tem.